Glenio Martins visita fazenda desapropriada por Governo Pimentel

DSC07490

O secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Glenio Martins, acompanhado do subsecretário de Acesso à Terra, Danilo Araújo, visitou na tarde desta quarta-feira (27/04), a Fazenda Córrego Fundo/Gravatá, em Novo Cruzeiro, no Território do Baixo e Médio Jequitinhonha.

A Fazenda é uma das três propriedades que foram desapropriadas pelo Governo de Minas Gerais para fins de interesse social. O ato atendeu a uma reivindicação histórica dos movimentos sociais, beneficiando cerca de 320 famílias de trabalhadores rurais sem terra, sendo 25 delas em Novo Cruzeiro.

Durante o encontro, Glenio Martins destacou o esforço do governador Fernando Pimentel em fortalecer a agricultura familiar de Minas Gerais. Segundo ele, com a desapropriação, as famílias da Fazenda Córrego Novo terão a oportunidade de produzir mais e oferecer produtos mais saudáveis para a população da região. “O processo de desapropriação está em estágio avançado”, disse.

Para uma das lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Paulo Sérgio Barbosa de Oliveira, a desapropriação da fazenda encerra “uma trajetória de luta para dar início a uma nova história”.

“Em nome das 25 famílias, gostaria de agradecer ao Governo de Minas Gerais pela desapropriação, porque há 14 anos a gente sofria pressão para sair dessa terra”, afirmou Oliveira.