Minas leva 30 propostas para melhoria da assistência técnica rural

IMG_8188

Delegação mineira participa da 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural

O secretário da Seda, Professor Neivaldo, representará Minas Gerais nesta terça-feira (31/05) na abertura da 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (CNATER), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O Estado apresentará 30 propostas para discussão durante o encontro que vai até a próxima sexta-feira (03/06).

O objetivo do encontro é debater e reafirmar a importância da participação social no processo de formulação de políticas públicas voltadas para agricultores familiares, assentados da reforma agrária, povos e comunidades tradicionais.

Maior delegação

Minas Gerais terá a maior delegação da conferência. Ao todo serão 42 delegados que desempenharão defesa dos interesses dos agricultores e agricultoras familiares.

A escolha da delegação mineira, formada por representantes do poder público e da sociedade civil, ocorreu em abril, durante a 2ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (2ª CEATER-MG). Participaram do encontro 248 delegados eleitos nas 23 conferências regionais/territoriais, etapas preparatórias para a conferência estadual.

A ação foi patrocinada pelo Governo de Minas Gerais, e contou com o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) e do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável de Minas Gerais (Cedraf-MG).

“Apesar das dificuldades orçamentárias e financeiras do momento, a 2ª CEATER-MG atingiu o seu objetivo, mobilizando um grande número organizações e pessoas na etapa regional/territorial e estadual. As propostas aprovadas subsidiarão as políticas públicas de ATER em Minas Gerais”. disse José Antônio Ribeiro, secretário executivo do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (Cedraf-MG).

A Conferência

Com o lema “Ater, agroecologia e alimentos saudáveis”, a conferência tem como foco estabelecer estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) pública e de qualidade aos agricultores e agricultoras familiares do Brasil, visando ampliar a produção de alimentos para todos. A Conferência envolve, em todo o processo, representações das diversas instâncias de governo e da sociedade civil.

O espaço visa o fortalecimento de políticas públicas tendo como referência, a Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária (PNATER), instituída pela Lei Federal 12.188, de 11 de janeiro de 2010.

A 2ª CNATER é uma realização do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS) sob a coordenação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (CONDRAF) e se insere na estratégia de fortalecimento de espaços e formas de diálogo e participação social.

Foto: Erasmo Pereira/Divulgação.