Seda é destaque no 5º Festival do Japão em Minas

FestivalJapa6

Pela primeira vez, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) participa do Festival do Japão em Minas, o maior sobre a cultura nipônica realizado no Estado.

Um do destaques do festival internacional é o “Espaço da Agricultura Familiar”, uma estrutura composta de seis barracas de agroindústrias familiares e cooperativas para a exposição de doces, queijos e cachaças.

O projeto é uma realização da Seda em parceria com a organização do festival e com seis empreendimentos de cinco municípios do Estado: Itaguara, Tapiraí, Itapecerica, Carvalhos e Serra do Salitre.

Para o chefe de Gabinete, Edson Gonçalves, que representou a Secretaria na abertura do evento, na tarde desta sexta-feira (26/02), no Expominas, em Belo Horizonte, é importante que o Governo do Estado apoie essas iniciativas.

“Festivais, como esse, são fundamentais para que o público conheça a qualidade dos produtos da agricultura familiar”, disse Edson Gonçalves.

A opinião comum entre os empreendedores é a oportunidade que a Seda oferece na divulgação dos seus produtos. A agricultora familiar Lara Dias, do empreendimento Sabores da Ovelha, afirma que graças ao apoio do Governo de Minas Gerais cresce o interesse por produtos derivados do leite de ovelha.

“Se o governo não abrisse essa oportunidade, o processo de alavancar, e de se constituir como uma empresa da agroindústria familiar, seria quase impossível. Afinal, há um alto valor de investimento para participar de um festival como este”, disse Dias.

“Moramos na roça, plantamos as frutas e produzimos os nossos doces lá. É muito importante valorizar quem está na roça, o evento é importante para divulgar nossos produtos e assim adquirimos uma renda melhor”, afirmou Ana Maria Martins, do empreendimento Doces Rancho do Paraíso.

De acordo, com Lucas Scarascia, Superintendente de Acesso a Mercados e Comercialização, o evento é uma vitrine que poderá dar uma prospecção de futuros negócios para os empreendimentos. “É uma diretriz da própria secretaria que a gente consiga mostrar a importância e qualidade dos produtos da agricultura familiar em todos os eventos e feiras promocionais que envolva o estado”, disse Scarascia.